Edição nº 16 – Ano V – Outubro/Dezembro 2016

Dicas para Encontro

Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural ou econômica dos catequizandos, sempre são pessoas que têm grande experiência de vida, capazes de pensar e discernir. O catequista deve saber dialogar, escutar, “sentir”. Não dar respostas prontas, mas buscar, com o outro, alguma luz para suas dúvidas, perguntas e problemas. Nunca assumir atitude de “professor”, do tipo que sabe dar uma resposta simples e fácil. Por outro lado, é necessário que tenha uma rica...

Dicas para Encontro

Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural ou econômica dos catequizandos, sempre são pessoas que têm grande experiência de vida, capazes de pensar e discernir. O catequista deve saber dialogar, escutar, “sentir”....


Dicas para Encontro

Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural ou econômica dos catequizandos, sempre são pessoas que têm grande experiência de vida, capazes de pensar e discernir. O catequista deve saber dialogar, escutar, “sentir”. Não dar respostas prontas, mas buscar, com o outro, alguma luz para suas dúvidas, perguntas e problemas. Nunca assumir atitude de “professor”, do tipo que sabe dar uma resposta simples e fácil....


Dicas para Encon...

Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural ou econômica dos catequizandos, sempre são pessoas que têm grande experiência de vida, capazes de pensar e discernir. O catequista deve saber dialogar, escutar, “sentir”. Não dar respostas prontas, mas buscar, com o outro, alguma luz para suas dúvidas, perguntas e problemas. Nunca assumir atitude de “professor”, do tipo que sabe dar uma resposta simples e fácil....



Dicas para Encontro

Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural ou econômica dos catequizandos, sempre são pessoas que têm grande experiência de vida, capazes de pensar e discernir. O catequista deve saber dialogar, escutar, “sentir”. Não dar respostas prontas, mas buscar, com o outro, alguma luz para suas dúvidas, perguntas e problemas....


Destaques


    Cursos

    Cuidados a se tomar com a catequese com adultos Antonio Francisco Lelo Qualquer que seja a condição intelectual, cultural...